• Marina Dias

O pequeno empreendedor que não acredita no poder das redes sociais

Atualizado: Set 17


Aqui na MADÍ, nós recebemos dúvidas de profissionais que são professores particulares, terapeutas, veterinários, fisioterapeutas e outras pessoas que normalmente, pelo modelo de negócio, conquistam seus clientes por indicação de amigos e pessoas do seu círculo social. Normalmente, esses profissionais deixam de investir em anúncios ou postagens nas redes sociais.


Quando o pequeno empreendedor nos procura com o questionamento se vale a pena ou não investir em marketing digital, nós costumamos fazer a seguinte reflexão:


Vamos fazer uma conta rápida? Dos clientes que você já têm, é bem provável que pelo menos metade deles indique seu serviço para mais pessoas. Então, faça uma uma visita nas suas redes sociais, seja Facebook, Instagram ou LinkedIn e lembre-se que há muito mais gente por lá.


Essas pessoas que estão nas suas redes sociais vendo o que você fotografou no almoço, sua rotina em casa ou seu passeio em família também podem indicar o seu serviço.

Acontece que no dia a dia, as pessoas se esquecem que você presta um determinado serviço ou comercializa um produto, por exemplo. À medida que você faz postagens sobre o seu trabalho, as pessoas passam a lembrar mais de você. E essa é uma ótima maneira de conquistar mais e mais clientes.


Então, se você é um pequeno empreendedor e acredita que a rede social não faz sentido para o seu negócio é hora de repensar a sua opinião. Você pode estar perdendo chances de conquistar mais e mais clientes.

Sobre a autora:

Marina Dias é publicitária com mais de 15 anos de experiência em comunicação corporativa e idealizadora da MADÍ Comunicação (www.madicomunicacao.com.br).



6 visualizações

DESENVOLVIDO POR MADÍ COMUNICAÇÃO